AngularJS, aprendendo com imagens.

Um das dificuldades quando iniciamos com AngularJS é a troca de dados entre o servidor e a nossa aplicação. O AngularJS foi concebido para utilização em aplicações com arquitetura RESTFUL, e é todo otimizado para isso.

Claro é possível utiliza-lo em aplicações com outra arquitetura no servidor, mas eu realmente não recomendo. Para isso utilize outra biblioteca mais simples, um Knockout.js vai te atender muito bem.

A proposta deste post é mostrar visualmente como o AngularJS funciona internamente, ou melhor como as requisições Ajax funcionam.

Entendendo o que cada um faz.

É comum observar muitos desenvolvedores utilizando Controller e Factory de forma errada, sim vai funcionar, mas voce deixa de aproveitar tudo que o framework lhe oferece. Aproveitando o exemplo do post anterior: Ajax-request-com-AngularJS.

Vamos entender como utiliza-lo com a imagem abaixo:

AngularJS by image

Controller.

O Controller, deve conter o minimo possível de logica.

Neste exemplo básico, ele apenas recebe os dados de retorno de um Service e da um bind no model, note que neste exemplo utilizo uma maneira diferente de atribuir valores ao objeto band, do que mostrado no post anterior.

    app.controller ('BandController', ['$scope', 'BandFactory', function ($scope, BandFactory) {

    // Cria o objeto band
    $scope.band = {}

    BandFactory.query(function(data) {
        $scope.band = data;
    });

A Factory

Aqui é a Factory que interage com a API para retornar os dados para o Controller.

    app.factory ('BandFactory', ['$resource', function ($resource) {

        return $resource("https://url/band.json");

    });

Retorno da API em JSON

A url, chama um serviço que retorna o seguinte JSON:

    {
    "band": {
        "name": "Motorhead",
        "country": "England"
        }
    }

A view (Template html)

E a view, recebe os dados de retorno:

<div ng-controller="BandController">
    <p>A melhor banda do mundo</p>
    <p>{{ band.name }}</p>
    <p ng-model="band.contry"></p>
</div>

Resumindo

Desta maneira fica muito simples entender o que acontece. A Factory ou Service, serve para fazer a requisição HTTP ou Resource e retornar os dados, neste caso utilizei o $resource.

Lembrando que $resource é uma API de alto nivel, enquanto $http de baixo nivel. Traduzindo, $resource tem alguns metodos já prontos para interação com API’s Restful.

comments powered by Disqus