Fluxo Básico para um bom trabalho de User Experience (UX).

Muito se fala sobre experiência do usuário (UX), wireframes, protótipos, testes A/B e por ai vai, mas o passo inicial e mais importante raramente é mencionado, por isso decidi escrever este artigo e demonstrar um pouco do básico, que envolve muita coisa antes de iniciar um wireframe propriamente dito.

Este é o fluxo básico que eu adoto em meus projetos, podendo variar de acordo com o tamanho/alvo/finalidade, mas no geral pode se adaptar a qualquer fluxo.

O Design da experiência do usuário começa muito antes do wireframe.

Antes de iniciarmos os wireframes, precisamos ter uma ideia abrangente do projeto, entender o escopo e identificar as necessidades do cliente e de seu usuário, claro que em um primeiro momento não teremos todas as informações necessarias, mas é muito importante conseguir identificar todos os pontos abaixo:

1. Requisitos do Negócio.

Qual o objetivo principal do projeto?, como ele vai ser monetizado?, qual o resultado esperado?

2. Requisitos do Design.

Existe alguma consideração especial, ou algum elemento visual que deve estar presente? Qual a necessidade?

3. Requisitos de Tecnologia.

Qual a tecnologia que deve ser utilizada?, qual plataforma?, qual a linguagem? e quais as limitações técnicas a curto, medio e longo prazo?

4. Requisitos do Usuário.

Qual o publico alvo do produto?, qual a faixa etaria dos usuários?, qual problema deve ser resolvido?

Lembre-se você não é usuário do sistema, estes são aqueles que realmente utilizarão o sistema.

E finalmente qual a finalidade do projeto? a principal tarefa que o usuário deve realizar ao utilizar a aplicação? é claro que pode ser um conjunto de tarefas a ser realizado, mas sempre tem a tarefa principal, aquela que deve receber maior destaque.

Depois disso, já estamos sintonizados com todas as necessidades do projeto, mas ainda é preciso pesquisar mais e mais e mais…

Só então podemos partir para os rascunhos: papel, lapís e borracha são as principais ferramentas, é rápido, prático e muito divertido. Além disso é neste momento que surgem ótimas ideias para a camada visual e para o design de interação.

Neste momento também é possivel entender mais a fundo a aplicação e até mesmo esbarrar em algumas limitações de design e front-end. E também é uma prática que deve estar sempre na manga, estes momentos de desenhos e rascunhos ajudam demais a identificar problemas e facilita muito na hora de partir para uma ferramenta de protótipo no seu computador.

comments powered by Disqus